Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reduzindo o Molho!

Cutuca com vara, mal importa o tamanho,
Trincos se abrem na primeira batida,
Não há mal que baste para os malditos,
Cerâmica que ralha, extenso fio conduz,
A mais elétrica das forças, bate & queima,
Toma de assalto todo & qualquer rebanho,
Flerta com ares verdes, fita amarela,
Travessia miscigenada, párias & aflitos,
Confeitos rubros que o sangue produz,
A mais feérica ilusão, síndrome & teima,
Aprender virou outro verbo tacanho,
Lacres rompidos, mais uma está grávida,
Educação em desuso, amaros & furtivos,
Toda maravilha que a mente induz,
Degenera voz, outro telefone que queima...

É preciso ter um viver bem mais simples!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 14/08/2006
Código do texto: T216000
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:05)
Peixão