Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homem do Mar

Foi chegando mansamente
Sem muito alarde fazer
À vontade, sem se impor
Este homem diferente
Sabia mesmo exercer
As artimanhas do amor

Conquistando a confiança
Pela força, honradez
Preparo e dedicação!
Alma doce de criança
Robusta em sensatez
Vibrante na emoção

Presença marcante e querida
Que ensina em si somente
Muito da lealdade
Dava um sentido à vida
De forma bem displicente
Sem nenhuma vaidade

Em suas falas dizia
Entre riso e seriedade
Muito do que fazia
Em seus olhos se antevia
A cor da felicidade
Em doses de doce magia
Que ele quase escondia
Nas dobras da nossa amizade!





Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 02/06/2005
Código do texto: T21605
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215229 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:58)
Priscila de Loureiro Coelho