Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






NASCI ONTEM

QUE ESPERAVAS?

QUE ROMPESSE

COM GARRAS

O VENTRE

DE MINHA MÃE?

QUE UIVASSE

INJÚRIAS

MAL OS OLHOS

ABRISSE?

VEJO A LUZ CLARA

VIVA

NÃO TRAGO DEFESAS

NÃO SEI DA MENTIRA

SORRIO E CHORO,

EIS TUDO.

AH SE ME EMBALAM

SE ME EMBALAM

SE ME CANTAM

SE DURMO



NASCI ONTEM

SEM MALDADE

ESTENDO OS BRAÇOS

APELO

E

VOU

DE COLO EM COLO

SEM CONHECER

NADA




MOLESTAM-ME

FALTAM-ME!

QUE QUEIXAS

TERÃO DE MIM

QUE AINDA AGORA

NASCI

E DAQUI A POUCO

PARTO ?!



Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 14/08/2006
Reeditado em 17/12/2006
Código do texto: T216355
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 64 anos
1238 textos (130527 leituras)
60 áudios (14347 audições)
9 e-livros (5156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:37)
Maria Petronilho

Site do Escritor