Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

R e V o L u Ç ã O - I

Onde está o grande prazer
Pelo qual matavam e sorriam
Os mesmos calhordas no poder
Vestindo outras fantasias?

Onde estávamos todos nós
Enquanto isso acontecia?
Decapitavam a nossa voz
E apagavam nossa luz da vida

Sob a luz do Sol
E à luz da Lua
Liberdade
Todo mundo quer

Sob a luz do Sol
E à luz da Lua
Igualmente
Toda a gente é

Não havia meios legais
De dar à luz à poesia
Disseminavam generais
Novas formas de brutaria

Sob a luz do Sol
E à luz da Lua
Liberdade
Todo mundo quer

Sob a luz do Sol
E à luz da Lua
Igualmente
Toda a gente é

Como disse o Che
“Hay que endurecer
pero sin perder la ternura”

Sob a luz do Sol
E à luz da Lua
Caco Nemer
Enviado por Caco Nemer em 02/06/2005
Reeditado em 02/06/2005
Código do texto: T21645
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caco Nemer
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
69 textos (5020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:27)