Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRANÇAS

Alma, dor,sofrimento, resolvi me retirar para pensar
Acordo, o dia   ainda dorme,
E começo  ao cheiro de mato molhado  a  caminhar ,
Meu doce  acordar todas as manhãs.

Vêm-me lembranças... as quais não quero lembrar.
Mas elas chegam e quase choro  sem elas não posso ficar
Lembro dele, suas mãos e do seu carinho ao falar
Mas ele  se foi que adianta, não vale a pena lembrar.

Chorar, também não quero a vida precisa andar,
Neste momento o que quero é viver e muito amar.
Sentir a dor que ele sentiu sem que isso me leve a chorar,
O tempo não se pode medir, passou , não volta mais.

É hora de novo amor, chegou sem procurar!...
Amor não se procura, vem! pode entrar.
Carinho é a  semente dessa árvore bem frondosa,
Que brotou em minha mente feliz e sorridente.

Bem perto! Muito perto! Quero! E eu a tratar...
Regar,cuidar para muitos frutos gerar.
Esse amor é essa árvore que vejo  hoje brotar,
Com o passar dos anos grande, muito grande ...Vai ficar.
Denise Figueiredo
Enviado por Denise Figueiredo em 15/08/2006
Reeditado em 24/08/2006
Código do texto: T216704

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite e o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
LEMBRANÇAS - Denise Figueiredo
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Figueiredo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
313 textos (14442 leituras)
16 áudios (2928 audições)
5 e-livros (193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:03)
Denise Figueiredo