Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tomates encarcerados!

Na larga que a pena, folha solta,
Toma o Tao, linha imaginária,
Vento solar nas Serras de Áquila,
Brumas escondem o fosso, lira curta,
O oriente impresso na pedra filosofal,
Desdêmona lava os cabelos na foz do Egeu,
Delícia ilustrada na parede do tempo,
Dreamns Over, terror clandestino,
Pastéis, nova vaca profana, conservas,
Divinas tetas grafadas na Casa das Máquinas,
Absurdo total na planilha cósmica,
Novas lendas vindas da Ilha de Mir,
Tacape cravado na cabeça da gárgula,
Batida na porta, artigo sob suspeita,
Esquadrão de anjos armados até os dentes,
Meu pai, pedaço de perna ficou ali,
Outros do pé já estavam perdidos,
Muita calma nessa hora, pressão subindo,
Aviso temporário em ondas curtas,
Focus derramado na escala musical,
Gnomos trabalham no enxerto da floresta,
O elétrico peixe navega em águas fundas...
- Taverneiro! Outra rodada de vinho...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 15/08/2006
Código do texto: T216853
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:40)
Peixão