Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A boca que mais beijei Hoje me nega um bom dia

A boca que mais beijei
Hoje me nega um bom dia




Pedi-lhe seu telefone
Mas ela me ignorou
Fingiu que nem escutou
Um apelo deste “home”
Tal angustia me consome
Por pensar na covardia
Se fosse o meu lhe daria
Como muito já lhe dei
A boca que mais beijei
Hoje me nega um bom dia
Poeta Galdencio Neto
Enviado por Poeta Galdencio Neto em 31/03/2010
Código do texto: T2169165

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Galdencio Neto
Sertânia - Pernambuco - Brasil, 41 anos
47 textos (4157 leituras)
9 áudios (431 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/17 11:52)
Poeta Galdencio Neto