Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A SAGA DO CAVALEIRO

Entre feiticeiros e sortilégios
cavalga em seu bravo corcel
o cavaleiro ao seu ideal fiel
avesso à troca de privilégios
ou a presentes mesmo régios
cavalga em busca da ventura
galopa por entre mil aventuras
para sua honra defender
não importa mesmo se perecer
nem a dor de mil agruras
 
Cavaleiro andante e solitário
com a armadura da integridade
o elmo do caráter e a lança da verdade
tendo o amor por seu relicário
Um ser divino, embrionário
O escudo da fé por companheiro
num acreditar verdadeiro
de que nada vale a vaidade
o que vale é a hombridade
mais do que todo o dinheiro
 
Investe contra o dragão da mentira
lança em riste, em cavalgada
contra a fera ainda entocada
ao seu destino, corajoso se atira
sabe ser Deus a sua retaguarda
As chamas da fera o atingem
o calor da batalha aumenta
A feiticeira que a fera alimenta
com sortilégios sua alma aflige
e dores ao cavaleiro impingem
mas, firme, ele tudo aguenta
 
A batalha segue interminável
a fera ferida ruge em ódio
espalhando no ar seu opróbrio
conjura o cúmplice detestável
o principe das trevas, abominável
para falar pela boca do dragão
palvras da mais pura bajulação
em defesa da fera ora ferida
buscando poupar a sua vida
fingindo uma justa indignação
 
O dragão bate em retirada
para as trevas de onde surgiu
as profundezas do seu covil
até que as feridas sejam curadas
temendo a força da espada
do solitário e fiel cavaleiro,
nas trevas um candeeiro
a iluminar o escuro caminho
da humanidade em desalinho
combatendo os pérfidos sendeiros
 
O cavaleiro se refaz da batalha
cura as queimaduras sofridas
substutui a lança perdida
refaz da vestimenta as malhas
não vestiu desta vez a mortalha
Prossegue adiante em sua missão
percorrendo pedaços de chão
no encalço do mal encarnado
e de tal maneira  disfarçado
que a muitos parece ser bom
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 16/08/2006
Código do texto: T217582
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711131 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:11)
Jorge Linhaça