Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outro amanhecer!

Há tempos não via o dia amanhecer,
Talvez, tempo demais perdido na noite,
Ver a Lua se esconder sorrateiramente,
Enquanto a neblina preguiçosa inibe o Sol,

Há tempos não ouvia o silêncio da manhã,
Talvez, perdido em outros tantos silêncios,
Daqueles que a alma navega na solidão,
Enquanto o corpo se agita no pesado sono,

Há tempos que não falava com a alvorada,
Talvez, falando o tempo todo de tudo,
Tentando achar novas & melhores explicações,
Enquanto a vida era tocada simplesmente,

Há tempos não chorava com a madrugada,
Talvez, um choro com outros tempos aflitos,
Onde a pressa atropela o melhor caminhar,
Enquanto se espera pela próxima noite!

Toquei a lágrima que da face caia!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/08/2006
Código do texto: T217643
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:25)
Peixão