Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ai tão fria esta chama


 
Ai tão fria esta chama que implora por ti,
o corpo de pedra, o gelo do tempo,
esta saudade guardada em amor,
tão esquecida esta mão que se fez em alma.
Ai tão nobre o sentimento que se fez em palavras,
e só meu olhar se faz verde no teu longínquo ventre.
 
Ai que dia virá aqui!
 
Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 17/08/2006
Código do texto: T218274
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:34)
Constantino Mendes Alves