Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Óculos para ver melhor!

Aquele olho da Lua piscou para mim,
Brumas turmalinas encobriam estrelas,
Dentes rangendo, outro cigarro, o copo,
Tão vazio como minha angústia,
Sorrateiro compasso de espera, só,
Outras solidões para acordes afins,
Silente caída, degrau próximo, chão,
Na cara amarrotada, novas lágrimas,
Tal a secura na voz & nos beijos,
Cálida sede de um corpo mais amável,
Corpos desfilam feita bala, amará,
Um blues rasgando feito um uivo,
Gela a garganta, a nuca, a espinha,
Contagem de minutos, nova partida,
“Mamma, coming in the room”, rasgando a pele,
Morder língua para se sentir vivo,
Mais um cigarro, luzes ficando distorcidas,
A Lua se escondeu atrás do prédio,
Um grito ficou preso no ar, sádico,
Algumas esperanças na próxima viagem!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 17/08/2006
Código do texto: T218602
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:38)
Peixão