Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia de Bolso 44 ( Esquizonte )


O que me fende
Estende em sombra
O meu delírio
O que me funde
Já não restaura
O repartido
E assim perdido
Metade inteiro
Metade esquizo-
Sangro em mim a carne d'Outro
E no espelho me suicido.
Aldo Guerra
Enviado por Aldo Guerra em 17/08/2006
Código do texto: T218944
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Guerra
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
296 textos (26095 leituras)
3 áudios (490 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:35)
Aldo Guerra