Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POVOS INDÍGENAS

Que povos são esses?
Lutam, não perdem a coragem, insistem.
Estejam nus, vestidos, seminus, guardam suas raízes
não perdem sua identidade, persistem

Que povos são esses?
Massacrados, expulsos da terra, dizimados
buscam forças não se sabe onde
nunca desistem

Que povos são esses?
Famintos, doentes, tendo sua cidadania negada
fortalecem-se, organizam-se
transpassam o muro das desigualdades
escalam as montanhas da justiça, da igualdade
do reconhecimento e da valorização

Que povos são esses?
Desde que tiveram suas terras invadidas
tentam se fazer ouvir para simplesmente dizer:
- Nós somos indígenas, somos seres humanos iguais a você

E ainda: - Temos sentimentos, inteligência
sabedoria como qualquer outro povo.
Somos os verdadeiros donos dessa terra
tomada pelos não-índios.
Fazemos parte da História
da verdadeira História do Brasil

Que povos são esses?
E eles respondem: - Somos muitos!
Somos os povos indígenas.
Cada povo com sua História, sua língua, sua cultura
suas características que o não-índio tentou abafar
apagar, destruir. No entanto, somos fortes, nos unimos
e hoje estamos conseguindo nos fazer ouvir

Ainda há muito que fazer, muita luta a enfrentar, mas estamos resistindo assemelhando-nos aos centenários jequitibás. Dentre outros povos somos Kambiwá, Pankararu, Pankará, Fulni-ô, Truká, Kapinawá, Xukuru, Atikum, Tuxá e Pipipan.

Queremos retomar nossa terra, trabalhar
cuidar da saúde do nosso povo, ter nossos direitos respeitados, uma educação específica e diferenciada,
viver com dignidade. Ser felizes!

* * *


ARCOVERDE/PE  - Janeiro/2005
Mensagem de abertura da Fase Presencial do Módulo II - PROFORMAÇÃO
Prof. Formadora / Área Temática - Fundamentos da Educação

Selma Amaral
Enviado por Selma Amaral em 23/01/2005
Reeditado em 19/11/2005
Código do texto: T2196
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma Amaral
Arcoverde - Pernambuco - Brasil
275 textos (55779 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 08:50)
Selma Amaral