Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mero poema... meras noites...


Madrugada vazia...
o cachorro não late
o galo não canta
o gato não mia...
Cadê a coruja
que lá do muro com seu pio
pensa que assusta?
Cadê o vento trazendo o frio
sacudindo os galhos
balançando o fio?
Cadê o balão bem lá no alto
derramando cores
no chão sem asfalto?
Cadê as estrelas de purpurina
luz de menina no alto do céu
piscando prá lua abusada
tão pretensiosa
toda vaidosa
na lagoa espelhada?

...e as janelas não vibram com as ondas do mar...
...e as damas da noite não exalam perfume...
...não podem sonhar...

Ah! Que noite vazia...
quando tudo dorme
tão longe e distante
do que é poesia....

Cristina Nunes
Enviado por Cristina Nunes em 18/08/2006
Código do texto: T219729

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cristina Nunes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
421 textos (32644 leituras)
9 áudios (1002 audições)
2 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:52)
Cristina Nunes