Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

as coisas são palavras





Na verdade as coisas são palavras
na melopeia do vento
ou na ideia da flor

o teu sorriso é o meu verbo
e no encanto do poema que escrevo
uso as palavras para encher o silêncio de todas as coisas

o espelho de vidro, que agora é só palavra,
traz-me em palavra o teu rosto
que coloco ao lado do meu

as palavras
as palavras que transponho
são agora o mobiliário que bebo no meu canto
o poema é o meu quarto ocupando o vazio

e agora cá dentro
há flor ...e há vento!

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 19/08/2006
Código do texto: T219861
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:10)
Constantino Mendes Alves