Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Agora compreendo


Agora entendi
a parede de folhas verdes.
Agora entendi a natureza
do jardim nesta manhã.

Era um fechar-se
prá dentro de si outra vez.
Não ergamos muros e paredes
onde eles não existem.

Sejamos botijas de amor
que brincam como crianças felizes
a descoberta de si mesmos.

Acho que quando falo
não consigo me expressar.
Até esqueci de deixar de ser eu
ao caminhar nas trilhas do meu jardim.

E acho que até isso
pode ser mal entendido.
Devia ser uma flor de luar
ou uma lua ensolarada
e no entanto não fui nada disso.

Fui eu...
E ser eu mesma,
é pecado,
é proibido...

Prossigas na mesma estrada
de amor onde caminhavas...
Ela está lá...
Maria
Enviado por Maria em 19/08/2006
Código do texto: T220061
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4554 textos (186061 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:09)
Maria

Site do Escritor