Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nostálgico
                                Carlos Orlando

Rompe do nada
O amor morto, que solta
A presa dor.

O pélago da vida se funde
Deixando o pensamento
Operar o tempo.

Tua tez se projeta
Fertilizando meu sonho.

A lembrança
Torna o tempo e o espaço
Numa partícula.

Sai do coração
O que se chama saudade.
Carlos Orlando
Enviado por Carlos Orlando em 19/08/2006
Reeditado em 31/10/2016
Código do texto: T220118
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Voce deve citar a autoria deste texto como sendo de Carlos Orlando Fonseca de Souza e o site www.carlosorlando.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Orlando
Macapá - Amapá - Brasil
33 textos (127696 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 07:57)
Carlos Orlando

Site do Escritor