Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABANDONO POÉTICO...

SEMPRE SOUBE  ASSIM SER, SURPREENDER.
 SOU MAZOQUISTA DE VERSOS , POEMAS DE VOCÊ.
QUERO ESCREVER POESIA...
ESTOU SEM  RÍTIMO FUGIU A INSPIRAÇÃO.
PORQUE SOFRO NESTA NOITE ? OUÇO
BAILAR AS ONDAS.QUERO ESCREVER POESIA...
MEU PEITO ANGUSTIA, NA ÂNCIA DE A TI ENCONTRAR
NÃO FUJA DE MIM POESIA, PRECISA ENCANTAR.
QUERO ESCREVER POESIA...
SEMEAR AMOR NO AR, BRINDAR O UNIVERSO
POETANDO COM O MAR, VERSO TACITURNO...
QUERO ESCREVER POESIA...
QUER-SE MUDAR MEU RUMO, E A HORA DE ENCONTRAR-TE
SOU SUA FUNCIONÁRIA, INSTRUMETO POR  AMAR.
QUERO ESCREVER POESIA...
TEMOS MÚSICA NO AMBIENTE, FRIA NOITE CALMA.
DIA MAGNIFICO, ENCONTREI-ME BEIJANDO Á ALMA!!!
QUERO ESCREVER POESIA...
QUEM SABE O VINHO TINTO, POSSA NOS ENTEGRAR
RARA GARRAFA, DESTINADA Á COMEMORAR.
PORQUE NÃO VENS ENCONTRAR-ME
QUERO ESCREVER POESIA...
ABRIDOR ITALIANO, JUNTO COM A GARRAFA VIAJOU
PARA COMEMORAR.
QUERO ESCREVER POESIA...
SORVO PRIMEIRO GOLE DEGUSTANDO TINTO,
E NEM ASSIM TU ME VENS? FINALIZADO O SONHO,
 MORRO DO PRAZER NASCEU ???
QUERO ESCREVER POESIA...
POR QUE ESTA ME ABANDONANDO, ENTREGANDO-M E
AOS LEÕES. SOLIDÃO POÉTICA... FAÇA COMIGO NÃO.
QUERO ESCREVER POESIA...
ONDE ANDAM MINHAS RIMAS, PASEANDO ISNPIRAÇÃO?
NÃO TEM LUAR FORA E NÃO OUÇO VIOLÃO
QUERO ESCREVER POESIA...
OU UMA BELA CANÇÃO, MARCANDO ESTE DIA
COM CHUVA NO MEU SERTÃO... MEU CORAÇÃO
 OPRIMIDO VÁCUO OU SUPERTIÇÃO???
QUERO ESCREVER POESIA...
BOM AROMA ESTE VINHO, ESTOU NA SEGUNDA
TAÇA, NÃO VIESTES COMPARTILHAR, VINHO DA
 MELHOR QUALIDADE, DE A ITALIA TE BRINDAR
QUERO ESCREVER POESIA, NÃO EMBREAGAR-ME.
PONHO ROLHA NA GARRAFA, DEITO-A NA ADEGA
QUEM SABE POSSA AMANHÃ  VOLTAR A ME VISITAR,
 E ASSIM COMPARTILHAMOS ESTE MEU POETAR. AS
ONDAS SEGUEM BAILANDO AQUI NA BEIRA DO MAR,
 QUIZ ESCREVER POESIA  ... E A AGONIA A ASSOMBRAR-ME.
QUERO ESCREVER POESIA...

VOU DEITAR-ME SEM ENTENDER PORQUE NÃO
 CHEGAM-ME OS VERSO E POEMAS DE VOCE,
CIÚMES DE SONETOS ,MELÂNCOMIA NO SER???
QUERO ESCRECREVER POESIA...

ATÉ AMANHÃ QUE SABE UM DIA, OU TALVEZ
 NUNCA MAIS,ESTE VAZIO  DE TI, DIA E NOITE
  NÃO QUEREM  MAIS. NÃO QUERO ENSAIOS DE
 PROSA E NEM TÓRPIDOS PENSAMENTOS,
QUERO AFAGO DE SEU COLO,SER NINADA
POR SEUS VERSOS. QUERO ESCREVER POESIA...



DETH HAAK
3/06/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 04/06/2005
Código do texto: T22029
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65329 leituras)
50 áudios (9713 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:23)
Deth Haak