Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

um grito afiado

Com a espada apontada para um alvo,
Grito por súplicas ao sublime Eros
Grito encorajado, grito amedrontado,
Que só pede um pouco de consciência mitológica.

Seja coerente, que minha alma não agüenta
Mas tanta dor pela perda do meu amor.
Peço que tenha compaixão desse pobre
Ser que a única culpa de sua vida
Foi amar demais uma pessoa a quem não lhe quer.

É que meu universo está cheio de estrelas
Amarguradas e embriagadas de ilusões.

Que a flecha de ouro do seu arco
Arrume outro pobre coração.

Como ser amiúde, que sou
Tenho uma última súplica
É para um outro ser e não eu.

É um novo alvo guiado pelo meu coração.

Não tem erro, Eros é só entra no labirinto
Que se enterra em meu peito
E leva consigo o arauto que ensinará
O caminho para a sua flecha.
Suplico aos dois seres mitológicos.
Súplicas oferecidas a ti e a tua mãe.
Edmir Junior
Enviado por Edmir Junior em 19/08/2006
Código do texto: T220366
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir Junior
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
83 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:15)
Edmir Junior