Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma noite como outra qualquer

Não me venha com esse papo
malacabado e sujo.
Não me venha com esse baton
borrado.

Não me venha com esse sorriso
irônico e desafiador.
Não me venha com esse beijo
gasto.

Dancemos conforme o tom
que o bom é fingir.
Brindaremos em descompasso
pois o bobo é quem sorri.

Chega, não me venha com rimas
velhas; malacabadas e sujas.

Deixe os pseudos-alguma-coisa
se embebedarem e criarem sentidos.
¡Vamos bailar!

A música ecoa, descompassada;
brindemos à simplicidade!
Façamos de conta que fazer de conta
é nossa brincadeira favorita.

Retoque seu baton, conte-me uma história;
sorria e me beije, finja que está tudo certo.
melão
Enviado por melão em 19/08/2006
Código do texto: T220520
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
melão
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
119 textos (4653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:37)
melão