Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHUVA SUAVE *

Chuva suave,
Caminhos encharcados e sonolentos
Réstias de sol, por entre nuvens,
Dourando cabelos molhados.
Esbarrando em postes e guardas-chuva.
Cruzamos olhares.
A ti coube um sorriso
A mim o deslumbramento.

Como é bonito o amor que se descobre
Numa tarde de chuva.

Depois um chocolate quente
Um até logo
Um muito prazer
Uma carona,
Uma despedida.
Um beijo consentido.
Ter que ir querendo ficar.
Até amanhã
Gostei de você.
Adeus.

Como é bonito o amor que se descobre,
Numa tarde de chuva...

 * Extraído do E-Book A PORTA DA PALAVRA publicado neste site.
Humberto Bley Menezes
Enviado por Humberto Bley Menezes em 20/08/2006
Reeditado em 26/08/2006
Código do texto: T220588
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Bley Menezes
Curitiba - Paraná - Brasil
94 textos (5962 leituras)
3 áudios (514 audições)
2 e-livros (91 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:20)
Humberto Bley Menezes