Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As dores que sinto


Estava tão feliz.
E agora o que aconteceu?
Onde foi que errei?
O que foi que fiz dessa vez?

Como fazer entender
que a meteorologia de que falei
não era a do meu coração?
Como fazer entender
que a tristeza e a dor que sinto
ao ouvir as canções do sol,
não são minhas,
mas que tenho a sensação
de que alguém esteja sofrendo
dores de morte e eu não sei?

As dores que sinto é o medo
de que alguém esteja muito doente,
doença mortal, e eu não sei.
As dores que sinto é de medo
de que alguém esteja sofrendo
de alguma dor física
que eu nunca vou saber.

As dores que sinto não são por mim.
Mas por quem fala a mim.
De onde tenho isso? Não sei.
Talvez leia nas entrelinhas
da voz do vento.

Se isso não é assim,
também não sei explicar.
Mas eu estou tão feliz
por me deixar transformar.
Por me deixar mudar.
Mas agora não sei mais
nem como isso falar.
Nem sei mais o que dizer.
Melhor deixar o vento
dizer o que sinto...
Maria
Enviado por Maria em 20/08/2006
Reeditado em 20/08/2006
Código do texto: T220767
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4551 textos (185949 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:10)
Maria

Site do Escritor