Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Topázio!

Bem perto da barreira dos malditos,
Estação dividida no observatório,
O belo calor que vem & desnuda,
Aos seios que os olhos miram,
Mal chegam e se afastam com a vizinha,
Paciência ao teso, fica para outra,
Boas estrelas para ir navegar,
Carregar a brisa fresca sem solidão,
Bom banco para sentar, mais garrafas,
Ancorar na próxima Ilha agora,
Ver a noite passar sem lamentos,
Outras doses de beijos ao corpo,
Todos os gozos que puder ministrar,
Aqueles sustos agora são passados,
Mais fronteiras vão se abrindo,
Versões acústicas em boas músicas,
Onde tantas desculpas foram varridas,
O mal que se acabe debaixo do tapete,
A mão que toca o seio novamente,
Com mais ardor & mais volúpia!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 20/08/2006
Código do texto: T220964
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:55)
Peixão