Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste lamento

Resta de ti, uma leve saudade
Na densidade turva que só inquieta
Foi tão cruel tua leviandade
Que entristeceste a alma triste do poeta...

Lágrimas profusas, de ressentimento
Rolam no tempo desta desventura
Assola o espírito, o constrangimento
Ao relembra-te... Fria criatura!

Fica de ti o sabor da despedida
um amor que aos poucos, se acabou
E mergulhada, nesta lembrança dolorida
Lamento o vazio que ela deixou




Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 04/06/2005
Código do texto: T22118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215220 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:28)
Priscila de Loureiro Coelho