Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Travesseiro ... velho amigo

Quando cansada me deito
Ele é sempre o primeiro
A acolher-me no leito
Como um gentil cavalheiro
 
Acomodo minha cabeça
No calor de seu abraço
Faz com que logo me esqueça
Da correria e cansaço
 
Como fiel companheiro
Descansa junto comigo
Meu querido travesseiro
Velho e terno amigo
 
Acolhe minhas preocupações
Com zelo e muito cuidado
Idéias, fantasia e emoções
Tudo com ele é partilhado
 
E no momento derradeiro
É ele meu doce abrigo
Entrego-me ao sono por inteiro
Confiando neste amigo.






Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 04/06/2005
Código do texto: T22120
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215216 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:41)
Priscila de Loureiro Coelho