Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confissão cega



Vera Cabalini


Em agonia, meu coração aguarda
Um único gesto teu que me confesse amor
Os teus sentidos parecem adormecidos
Eternizados entre os cobertores da indiferença
Sento-me a conversar com meus pensamentos
Necessitada  da urgência de respostas
Tentando entender os teus silêncios
Mas há uma dúvida a ser esclarecida, desnudada
Difícil entender  esta tua apatia
Que me faz frágil  feito criança
Quando me tomas o pensamento  da dúvida

E essa maldita dúvida derrama-se
Para além do aceitável
Há uma verdade a transbordar
Invadindo-me a alma, o olhar, o peito
Resta-me entender a tua linguagem
e abraçar o teu abandono
como uma confissão cega
De que já não me amas!
vera cabalini
Enviado por vera cabalini em 21/08/2006
Código do texto: T221467
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
vera cabalini
Aracruz - Espírito Santo - Brasil
116 textos (3627 leituras)
61 áudios (3532 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:19)
vera cabalini