Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desilusão

Adormeci na soleira do dia
Pensamentos amassados
Alma gelada e vadia
Como meus trapos esfarrapados
Quando me deitei sozinha
Na franja que escora minha agonia
Esqueci que o tinha
Perdido em algum canto e morria
Varri o sol do meu rosto
E enquanto me embriagava
Com a lembrança do desgosto
Meu coração arfava
Senti o corpo entorpecido
A boca balbuciante
O tempo ficando esquecido
E a dor lancinante
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 04/06/2005
Código do texto: T22165

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55629 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:47)
Angélica Teresa Almstadter