Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TORRENTE

A aragem dos teus beijos
me incendeia a pele em brasa.
Os teus braços são tenazes
que me apertam e,
entontecida,
escuto teu longo gemido
quando em mim tu te comprazes.
Olhas-me depois espantado
tentando explicar teus motivos.
Para que? Não é preciso,
eu entendo o que tu sentes.
Também eu, meio assustada,
sucumbo, surpresa, ante a vaga
da torrente que me arrasta:
se tento lutar sou vencida.
Entrego-me, então, submissa
às tuas mãos cobiçosas,
ao teu desejo premente,
enquanto a tarde se esvai,
e a noite é menina inocente.
HLuna
Enviado por HLuna em 21/08/2006
Código do texto: T221669
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9354 textos (235891 leituras)
15 e-livros (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:59)
HLuna