Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escada

Ás vezes eu penso
Na vida como uma escada.
E que os dias sãos os degraus,
E um a um iremos galgá-los.
E um dia chegaremos,
Ao final desta escada.
Já velhos e cansados,
Mas chegaremos lá.
Onde os anos não contam,
E sim nossas atitudes.
E cada degrau que galgarmos.
Será diferente do anterior.
É como ver na natureza,
Cada vez que abrirmos os olhos.
E notamos na paisagem,
Algo diferente e maravilhoso.
Assim serão, os degraus da vida.
Pois nenhum degrau será, igual ao outro.
Pois serão apenas degraus,
Que se multiplicam ou diminui.
De acordo com os anos que viverem.
Sejamos crianças ou velhos,
Um dia descansaremos,
Pois a escada chegará ao fim.
E todos nos partiremos.
E daqui nada levarão, porque?
Nosso corpo aqui permanecerá.
E alguém ira chorar por ele
Como eu chorei um dia,
Quando meus pais partiram
E não disseram, quando voltariam.


                                Volnei R.Braga
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 04/06/2005
Código do texto: T22173
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:24)
Volnei Rijo Braga