Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai nosso da poesia

Pai nosso que estais nas rimas
santificado seja vosso verso
venha a nós os teus poemas
seja feita a tua poesia
tanto nos livros como na vida
O soneto de cada dia nos dai hoje
e perdoai nossa ruim poesia
assim como nós perdoamos
aqueles que as odeiam
Não deixais perdurar a solidão
e livrai-nos da falta de inspiração.

                       

Rivelino Matos
Enviado por Rivelino Matos em 21/08/2006
Reeditado em 08/12/2007
Código do texto: T221832

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rivelino Matos
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
124 textos (6775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:32)
Rivelino Matos