Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CRIANCICE



Desce a rua , pensamento flutua

Seria minha seria tua

Seria de quem a conquistasse

Se atrevesse , se esforçasse

Na busca do passatempo

Nem que fosse por um momento

Quadris ( belos ) a bombolear

Um convite só para imaginar

Cintura fina de menina

Dobra à esquerda na esquina

Queria ser a calçada deslumbrada

Vê-la em mim pisar, a danada

Sol a pino ,

imagino quando menino

Ver revista e fotos de beldades

Iguais a essa, que saudades.

Tempo em que apenas sonhava

O que hoje vejo, nem pensava

Siquer supunha que fosse de verdade

Mulheres vivas, cheia de vaidade

Atropelando nossa pretensa superioridade

Pisando sobre a difusa masculinidade

Filosofar sobre o sexo oposto

É de doer, não faz gosto

Saber que somos sempre inferiores

Às musas e deusas tão superiores

Ao chão me coloco se der um toque

Mesmo que sem força, de reboque

Corro atrás só para ver seu degote.

GDaun
Enviado por GDaun em 22/08/2006
Reeditado em 25/08/2006
Código do texto: T222284

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43021 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:30)
GDaun