Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Realidade

No universo há tantas belezas
Não existe pobreza na natureza
Mas a desgraça aqui esta
A miséria que tantos passam,
Tudo porque o homem com sua ganância
Do mais pobre quer tirar
Pobres meninos de rua
Nào tem o que comer
Nem o que vestir
Quem irá ajudar
Matar a fome do mendigo
Emprego para trabalhar
Do jeito que esta não pode ficar
Onde nosso país vai chegar?
O homem sendo substituído pelas máquinas
Tudo por conta da informática
As pessoas nem precisam mais pensar
Basta o computador acionar
O resultado já esta pronto
Quem díria que chegariamos a esse ponto...
Que o modo de amar deixaria de ser natural
Passando ao virtual
Se pudessemos voltar ao tempo
Teríamos muito alimento
Menos mendigos nas ruas
Menos veneno na plantação
Menas poluição
Menos doente, nem depressão
Poucos morreriam do coração
Violência quase nem existia
As janelas abertas ficavam
Tinha-se liberdade
Menos medo, nem tanta maldade
Esta a relidade dos dias atuais
Onde o tempo não volta jamais
Saudades que fica
Evolução cada vez mais.
Marines
Enviado por Marines em 22/08/2006
Reeditado em 07/04/2010
Código do texto: T222454

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marines
Ponta Grossa - Paraná - Brasil, 61 anos
193 textos (18587 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:20)
Marines