Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teimosia

Tão solícita sou aos teus apelos
Que busco, sem demora, compensar-te
Não tens idéia do porte de meus zelos
Ou saberias o quanto sou capaz de amar-te

Nem posso imaginar que te castiga
A ilusória falta de conexão
Na verdade minha alma abriga
Cada impulso de teu coração

Acato silenciosa tua resolução
Embora a considere tempestiva
Eu me contento em permanecer cativa

Sem estardalhaço abraço a emoção
Paixão que se desmancha em lealdade
E seguirei te amando até a eternidade!
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 05/06/2005
Código do texto: T22279
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215184 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:42)
Priscila de Loureiro Coelho