Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tovas amorosas

É tesouro a amizade
Que nos chega sem aviso
Alicerça-se em lealdade
De resto... É improviso!

Sua presença rondou meu dia
Atiçando a curiosidade
Há uma dose de ousadia
Em sua impetuosidade
 
Sendo eu um tanto comedida
Na reserva ponho-me a cismar
Interessante como a vida
Por vezes vem nos presentear!

Sorrio gostoso quando vejo
Trovinhas chegando assim
Trazem a cor do desejo
Que almejo para mim...

Ao receber suas trovinhas
Sinto-me prestigiada
E sabê-las todas minhas
Deixa-me lisonjeada!

Enlacei meu coração
Nas voltas de seu pensamento
Pude ouvir um turbilhão
De singelo sentimento


É mesmo encantador
Um perigo, ouso afirmar...
Reconheço-o bom trovador
Com um charme singular...

Tudo nesta vida é relativo
Sonhos, amor e o querer
Só existe algo imperativo
Sonhar amando você!

Termino a brincadeira
Maneira gostosa de amar
Encerrando a domingueira
Que me inspirou a rimar.
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 05/06/2005
Código do texto: T22304
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215168 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:21)
Priscila de Loureiro Coelho