Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENFIM

“Enfim...”.
 “Assim como são os homens são as criaturas...”
Se uma alma é pura, mostra candura
Usa o verbo como o coração
Não sai em desatino, como bala de canhão

Se a fantasia incomoda, uma opção resta
Fechar a porta, bloquear da janela, a fresta

Que sublime legado, Deus deixou à humanidade
Um coração carregado com aquilo que é falado

Denise
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 05/06/2005
Código do texto: T22309

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916731 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:48)
Denise Severgnini