Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÁGINAS DA VIDA...

PÁGINAS DA VIDA...
(Autor: Antonio Brás Constante)

Prova da carne que lhe sustenta. Vida sacrificada em seu prato colocada. A repulsa pelas vísceras nas estradas, não é a mesma quando estás comendo sobre a mesa, degustando sorridente a carne de sua presa.

Andas pela noite, bebendo poucas tristezas, e no rosto de suas crias, pequenas lágrimas presas. As amarguras são soltas no braço, nas faces que almejam seu carinho, gemidos ecoam bem alto. Fruto de seus gestos mesquinhos;

Belas companhias lhe rodeiam, todas conquistadas com o pão destinado aos de sua morada. Os sorrisos falsificados sufocam os apelos dos esfomeados que esperam sua vinda. Que vivem desesperados sobre o jugo de sua irá;

Na fumaça do cigarro, sua mente se corrompe. Queimas alguns baseados, para provar que tu és homem. Mata por uns trocados a vida de seres sem nome. Andar aprisionado pelo vício que lhe consome;

E a vida vai passando, e vais passando pela vida. Seus erros registrados por inúmeros atos desgraçados. Agora jaz sereno, deitado sob lápide fria. A terra é eterna coberta, que encoberta derradeira sina. Os vermes se banqueteiam em sua tenra carne apodrecida.

(SITES: www.abrasc.pop.com.br e www.recantodasletras.com.br/autores/abrasc)

ATENÇÃO: Divulgue este texto para seus amigos. (Caso não tenha gostado do texto, divulgue-o então para seus inimigos).
Antonio Brás Constante
Enviado por Antonio Brás Constante em 23/08/2006
Reeditado em 23/08/2006
Código do texto: T223160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Brás Constante
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 100 anos
399 textos (85236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:52)
Antonio Brás Constante