Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARNE E PÓ

Quanto eu quiser ser carne
Eu vou te procurar
Te entregarei proteínas, fibras, músculos
É isso o que vc quer ?
Então carne é o que terás...

Talvez maquiada de vermelho
Talvez retocada no espelho
Um pouco de sorriso forçado
Cheia de encantos floridos
Pra mais tarde consumir te em gemidos

A carne é tua, ai tens
Pega, toca, beija, lambuza
Abraça, amassa, goza e usa

Em troca, eu grito
Te afago aflito
Te acalmo e clamo
Te contemplo menino

Te achas tão feliz nesta hora
E eu irônica não te entendo e vou embora
Ficou contigo o sangue da carne
O gosto viscoso na boca

E não tens mais que me procurar
Porque minha alma não é tua
Somente a carne é que te dei

Te consumia o desejo, agora é morto
Te desejava um beijo, agora é pouco
Quero muito mais do que carne
O que te dei é tudo o que compreendes
O que me deste é pouco pra minha alma pagã

Fomos eu e tu, carne, gozo e só
Te esqueço em breve
De lembranças quentes
Restará em ti apenas pó

Quero a alma nua de um poeta
Que voou pela minha janela
E abraça o luar prateado lá fora
E me acena com versos
E com ele me vou embora

Porque quero um amor que completa
Este é o amor poeta
Pra não ser somente carne
Pra ser também versos em lua
Pra ser alma inteira vestida de corpo nua

O poeta não quer apenas a carne
Ele é parte de mim é meu cúmplice e companheiro
Sorri calado a cada erro que desatino
Mas pra ele sempre volto
Pois o poeta é meu único destino...
Adriana Alves (Poetisa Lancinante)
Enviado por Adriana Alves (Poetisa Lancinante) em 02/05/2010
Código do texto: T2231798

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Adriana Alves (Poetisa Lancinante)
São Paulo - São Paulo - Brasil, 46 anos
77 textos (1928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/17 06:06)
Adriana Alves (Poetisa Lancinante)