Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hora dos amantes

Hora dos amantes


Em meio aos sonhos, o desejo
Busca a realização
Na ânsia de se esgotar...
Bocas se perdem no beijo
No fogo em que arde a paixão
No gosto suave de amar

Aos poucos vem a loucura
À procura dos sentidos
Dominando a ansiedade
Numa explosão de ternura
Ambos se sentem perdidos
Tocando a eternidade.

Os corpos se movimentam
Como louca sintonia
Feito uma dança imortal
Os corações se alimentam
Do impulso da energia
Que é própria e natural

Assim atravessam a madrugada
Entregues ao louco prazer
Como a se embebedar
Duas almas de mãos dadas
Dois corações a bater
Dois corpos a se completar


 Unem fronteiras e espaço
Celebram a conexão
Do que era individualidade
O mundo se resume no abraço
Que provoca a explosão
Até a saciedade...


Entregam-se inebriados
Ao mundo das sensações
Isentos de culpa ou  pudor
Amantes cumpliciados
Ardendo em suas paixões
No doido jogo do amor...






Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 23/01/2005
Código do texto: T2241
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214527 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 04:00)
Priscila de Loureiro Coelho