Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma silenciosa

Alma silenciosa


Como se fosse a brisa
Vibra minh’alma
Ao redor de teus braços
A atmosfera improvisa
Luminosidade da calma
Rastreando os teus passos...

Há um espaço infinito
Entre eu e o pensamento
Que busca a sensação
Coração que vive aflito
Pulsa quase pachorrento
Acolhendo a paixão...

Só o silêncio agora
Embala as emoções
Que se perderam no ar
Teu vulto vem sem demora
Provocando reações
Dispondo-se a me conquistar

Chego quase de repente
De mansinho, encantada...
Buscando sentir seu sabor
A alma está silente
Sentindo-se emocionada
Cativa de teu amor!


Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas

 




Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 23/01/2005
Código do texto: T2242
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214494 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/16 02:19)
Priscila de Loureiro Coelho