Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva

Chuva

Pranto inesperado e natural
Lavando a alma, escorrendo emoção
Refrescando lentamente o coração

Ah!...Sentimento sem igual
Embevecido e revigorado
Sem futuro e nem passado

Chove desabando a tempestade
Sem espaço e sem dimensão
Chove, florescendo a paixão

Chove, agora a garoa
É ausência, sem claridade
Nos respingos da saudade




Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas




Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 23/01/2005
Código do texto: T2246
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215184 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:57)
Priscila de Loureiro Coelho