Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ameixas do Tempo

Suposta,
e bem-querida,
amada pelo som
inesquecível de sereias
e o trovejar dos reis
que conquistaram sua paz.

Se você partiu,
fui eu quem foi.
 
Deixei a luz para trás,
como se deixa de lado
ameixas douradas
feito ouro.

E se você hoje é
inesquecível é porque
- sem muitas histórias -
debulhei minha vida
em coisas tolas
e de sentido vão.

Mas sei qual o destino!
- cruel marca do homem -
há de juntar um dia
cada pedacinho de
nós
e colorir o céu
como seu nome,
seu desejo,
e sua vontade
de achar a
eternidade dentro
de sua mãos e seu
amor dentro
de mim !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 25/08/2006
Código do texto: T224866
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:58)
José Kappel