Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oh! gaivota

 A luz que cega
Esconde o seu esforço
Vejo por traz dela um poente sem calor
O pé de banana que se esconde
Deixa cada vez mais seu cacho dourado.

Não pude olhar diretamente
Mas no olho da gaivota
Eu brechei a magnífica visão
Como este momento parece devagar!

No céu uma nuvem moldo-se
E outra gaivota se pôs a aparecer
As duas voaram para o horizonte
Mas só uma se desmanchou.

Não foi a nuvem, pois o sol se foi
E eu não mais a vi
E nas sete cores do fim do arco-sol
A minha gaivota olhou-me novamente.

E a luz se foi...
Mas o esforço da gaivota
Não foi totalmente em vão
Pois eu estou aqui a ver as
Suas penas no horizonte.
Edmir Junior
Enviado por Edmir Junior em 25/08/2006
Código do texto: T224886
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir Junior
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
83 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:34)
Edmir Junior