Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0313 - Desejo que volte

Tenho medo de não chegar a noite,
acabar a paixão no meio do caminho;
o dia acaba e a estrela não veio,
talvez não fosse para mim o sorriso,
talvez nem houve brilho noite passada.
 
Que morra o amor, todos os amores,
na minha tristeza, que morra,
nas tuas dúvidas, que morra,
não meus desejos por ti,
não de prazer sem meu corpo e o teu.
 
Que venha outra mulher, não importa quem,
pode até ter um corpo igual ao teu,
um desejo igual ao da outra tarde,
o gosto do beijo nem tão doce,
uma mulher igual a ti, só para mim.
 
Já não sei como é amar outro alguém,
tenho medo d'outras mãos no meu corpo,
d'outros lábios beijando os meus,
do teu sexo vazio sem meu gozo,
d'outra boca sugando o desejo que foi tão teu.
 
Desejo que a noite nem tenha mais estrelas,
que nem escuro seja,
que ninguém tenha as mesmas idades,
que nenhum amor morra,
que um dia olhe para trás e volte...
 
08/06/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 06/06/2005
Código do texto: T22496
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:59)
Caio Lucas