Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROTEÇÃO

Sim a vida, a vida é curta,
e a eternidade bem longa.

A lua amarela e oblonga
não chegou à plenitude,
mas chegará - não duvido.

Com meus versos sem sentido
eu enfrento o inimigo:
o tédio que espreita escondido
por entre as frestas da porta.

Porém não lhe dou guarida,
a minha vontade o derrota.

Na minh'alma ardente e viva
brilha o sonho, a fantasia,
e a mim só isso importa.

HLuna
Enviado por HLuna em 25/08/2006
Código do texto: T225017
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9346 textos (235734 leituras)
15 e-livros (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:40)
HLuna