Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Feitura da Vida

Ando e, enquanto ando,
as coisas me roçam;
passo por cada segundo,
por segundo a cada passo.

Descubro o desconhecido
de ser pedra rócio
na multidão
que passa por mim,
mas já não vive mais em mim.

Sou sombra gotejada,
clamor do mendigos
e relúcio das poucas
ânsias.

Tudo isso faz
um bordel
ávaro e penoso,
prá quem pensa que
está,
mas socobra a cada
metro,
nas sombras da vida,
que ontem começou
e, agora, acabou,
rútila como um
último beijo.

Saudoso com
a feitura e vôo
das águias
e,sem peja,sem andar,
sei que sucumbo
ao tempo,
e as coisas
que temo
agora:
nada ou ninguém,
está em seu lugar!

José Kappel
Enviado por José Kappel em 26/08/2006
Código do texto: T225595
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26781 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:29)
José Kappel