Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[Meu Coração em Passos de Lã]

Pedaços de carne frita
que eu parto e reparto,
lentamente, lentamente...
Tomate maduro, sal e óleo;
uma cerveja quase gelada,
e o pensamento fixo na morte:
estou almoçando em paz!

O relógio da cozinha
cadencia a sua marcha
em passadas de lã...

E assim, a vida se esvai,
de perda em perda,
de soluço em soluço,
inexorável, macia, lenta...

Nada, a não ser estes versos,
dá noticia de que meu coração
ainda bate... como o relógio:
em passos de lã!
__________
[Penas do Desterro, 26 de agosto de 2006]
Carlos Rodolfo Stopa
Enviado por Carlos Rodolfo Stopa em 26/08/2006
Reeditado em 01/07/2012
Código do texto: T225767
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Carlos Rodolfo Stopa e o site http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=1377). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Rodolfo Stopa
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
968 textos (48465 leituras)
33 áudios (3318 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/17 22:41)
Carlos Rodolfo Stopa