Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Águas cristalinas



Águas cristalinas,
Descem a serra.
Brotam das pedras,
Ele as fez e foi para nós.
 
Usamos e não guardamos,
Sujamos e não limpamos.
Desse mal pode ser que morramos,
Pois sem água vamos ficar.
 
Já é difícil achar para beber,
Pelo petróleo mata-se para o ter
Por água como vai ser?
Precisamos de água para viver!
 
Água para beber e cozinhar,
Água para banhar-se e limpar.
Preservar é um sonho de poeta,
Todos precisamos conclamar.
 
Vamos as águas preservar!
Para a raça humana eternizar!
Denise Figueiredo
Enviado por Denise Figueiredo em 27/08/2006
Código do texto: T226425

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite e o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Figueiredo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
313 textos (14442 leituras)
16 áudios (2928 audições)
5 e-livros (193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:20)
Denise Figueiredo