Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

1968-II

Sou aquela pedra
lançada
em 1968!

Sou a barricada
e a língua falante
calada,
atordoado
pela bordoada!

Sou a estrela cadente,
o levante
a pedra polida
e a danada
da dor de dente
nas bocas de lobo
dos soldados
e dos tenentes!

Sou aquele rebento
que nasceu da entranha
da madrugada
em 1968!

Sou a nobre façanha
das Forças do povo
Unidas
e Amadas!
Caco Nemer
Enviado por Caco Nemer em 07/06/2005
Reeditado em 22/09/2005
Código do texto: T22653
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caco Nemer
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
69 textos (5020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:09)