Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS DUAS SOMBRAS

Na estada silenciosa do destino
Quando as estrelas se multiplicavam
As duas sombras errantes se encontravam
A primeira falou: Nasci de um beijo
De luz sou vida, força, alma e esplendor
Trago em mim toda ansia de universo
Toda a glória do infinito:
- Eu sou o amor!
A segunda falou:
- Dizem que no mundo há quem me queira.
Sou a saudade sua companheira,
Que punge, que consola e que perdoa
Na estrada silenciosa de destino
As duas sombras errantes se abraçaram e,
Desde então, nunca mais se separaram.
Delza Breder Nolasco
Enviado por Delza Breder Nolasco em 07/06/2005
Código do texto: T22654
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delza Breder Nolasco
Ilhéus - Bahia - Brasil, 92 anos
14 textos (963 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:18)
Delza Breder Nolasco