Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU BARCO VELEIRO



Por muito que corra o mundo inteiro
Por mais rias e mar  a navegar…
Não há outro barco, nem barqueiro
Num sonho que nasceu perto do mar!

Nem há um outro arrais ou companheiro
Nem há um outro porto de chegar…
Nem as velas mais brancas do veleiro
Que fazem a nossa alma libertar!...

É assim o lindo barco veleiro…
Deste singular sonho cor de rosa
E sempre com carinho verdadeiro
Ao vê-lo navegar fico ditosa!

Gostava de ser eterno passageiro
Que na ria navega sem parar…
Dentro da alma o sonho verdadeiro
A jóia dum passado secular!

E dele serei sempre eterna amante,
A devolver-lhe toda  esta ternura
Porque sinto em minha  alma o navegante
Da Fuseta - um passado que perdura!

O barco tem magia, tem encanto
A deslizar docemente sobre a ria
A Virgem vai nele com seu manto
Numa rota de Sonho e de Poesia!

Embalada no seu belo roteiro…
Cantarei os meus hinos de esperança
Na saudade desse barco veleiro
Que vive em mim dos tempos de Criança!
zezinha
Enviado por zezinha em 28/08/2006
Código do texto: T227160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zezinha
Portugal, 80 anos
90 textos (5500 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:19)
zezinha